Sapucaia recebe exposição sobre Preservação do Rio Paraíba do Sul

Publicado pela Alerj O mais importante rio do estado, o Paraíba do Sul, com 500 quilômetros de percurso em terras fluminenses, é tema da ex...

Publicado pela Alerj

O mais importante rio do estado, o Paraíba do Sul, com 500 quilômetros de percurso em terras fluminenses, é tema da exposição itinerante da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), que estará na cidade de Sapucaí, na região Centro-Sul na próxima semana, entre segunda-feira (13/02) e sexta-feira (17/02). A mostra "Paraíba do Sul: um rio de história", que reúne material do fotógrafo Rafael Wallace e do jornalista Romildo Guerrante, pretende ser um alerta sobre a necessidade de se cuidar desse patrimônio natural.
“Esta exposição visa a mostrar a importância deste rio, que cruza 17 municípios no Estado do Rio de Janeiro, tendo sido responsável pela criação de muitos deles. Mas, infelizmente, também é alvo de despejo de esgoto e de produtos químicos gerados pelas indústrias instaladas em suas margens”, comenta o presidente da Alerj, deputado Paulo Melo (PMDB).
A exposição ressalta a importância para o estado da necessidade de preservação deste patrimônio natural, que beneficia diretamente mais de 12 milhões de cidadãos. Em seu longo trajeto a caminho do mar, o Paraíba, como é chamado pela população, demarca os limites do território fluminense, atrai turistas, contribui com a agricultura e é fonte de vida, através de sua água, que abastece os lares.
Sapucaia é a última cidade do interior a receber esta exposição itinerante. Ela esteve também em Aperibé, Barra do Piraí, Barra Mansa, Cambuci, Campos, Itaocara, Itatiaia, Miracema, Paraíba do Sul, Pinheiral, Porto Real, Resende, São Fidélis, São João da Barra, Três Rios, Vassouras e Volta Redonda, além da capital fluminense.

O rio
O percurso total do rio Paraíba do Sul é de 1.120 km e sua nascente fica na confluência dos rios Paraitinga e Paraibuna, no município de Paraibuna, no Estado de São Paulo. Ele percorre um pequeno trecho do sudeste de Minas Gerais, fazendo a divisa natural com o Rio de Janeiro e abastece, além de 17 cidades fluminenses, mais 20 cidades entre São Paulo e Minas Gerais. Levar a exposição às cidades banhadas pelo rio (veja relação baixo) teve o objetivo de aprimorar o processo na defesa dos recursos naturais e do meio ambiente.

Serviço
Local: Colégio Estadual Maurício de Abreu
Endereço: Praça Governador Miguel Couto Filho, 298 – Centro.
Visitação: 13 a 17 de fevereiro. Das 8 às 17h.


Fonte: Folha Popular

Leia também

0 Pessoas Comentaram!

#BlogPaisagemDeJanela